sábado, 26 de outubro de 2013

Terrible Two

Olá Belas Mães.
Eu confesso que pensava que o Guga ia ser um filho muito bonzinho, e ia pular essa fase pra alegria da mamãe... Mas, o Gu é filho de rico [Quem nunca ouviu que quem tem terrible two é filho de rico neh?]
e ta nessa fase horrorosa pra qualquer mãe.
Olha, ja vou avisando as que não passaram por isso ainda, que tem que ter uma paciencia blindada, e isso eu não tenho.
Gente, desde 1 ano e uns 8 meses mais ou menos, comecei a aplicar o método do cantinho da disciplina, mas hoje eu ja tou quase colocando uma cama, frigobar e televisão lá, porque o Gu ta pra morar lá. Mil e uma conversas, um pedido de desculpa todo sentido e 10 miunutos depois, está lá ele, dando outro show.
Mais recentemente ele está com mania de possessão, e tudo é dele, tudo é dele, tudo dele. Eu estranhei, pois o Gu sempre foi muito caridoso, e ele parecia até gostar de ver os amiguinhos brincar com os brinquedinhos dele, mas hoje em dia é um poço de chatisse, ou melhor ERA, porque ontem isso mudou ao menos um pouco, vou contar:
Estavamos na casa de um amiguinho dele, o Raphael [que chamo de Rafainho], e tem uma bola enorme lá, daquelas bolas do Quico sabe? pois o Gu encasquetou que era dele, a gente dizia que era do Rafainho e ele começava a fazer cara de choro, até que o Rafainho quis brincar, o Rafainho é um ano mais novo que o Gu, e tadinho nem sabe se defender, quando eu fui falar que a bola era do Rafainho, e os dois tinham que brincar juntos, esse Gustavo deu um show, digno de cameras, luzes e efeito sonoros. Eu claro, chamei ele pra casa, e botei no castigo, e ele começou a chorar e chorar, e o mundo quase se acaba. Aí um minuto depois ele continuou no castigo porém calado, só esperando passar seus incriveis 2 minutos no castigo. Assim que terminou, eu chamei ele, abaixei da altura dele e comecei a conversar, num tom bem sério, mas sem ameaça. Falei que a bola era do Rafainho, mas que os dois poderiam brincar juntos, pois toda criança deve dividir seus brinquedos com os coleguinhas, do mesmo modo que ele brinca com a bola do Rafainho, o Rafainho poderia vir aqui em casa e brincar com os brinquedos do Gustavo, e não tem problema nisso, o brinquedo continua sendo dos mesmos donos, mas os dois se divertem juntos, e mais umonte de coisa. Quando terminei eu perguntei pra ele de quem era a bola, e aí ele respondeu prontamente: "Rapainho mamãe, mas Bitavo também binca.". Nem preciso dizer que me enchi de orgulho neh? Voltamos la, e os dois brincaram, aí o Rafainho veio aqui pra casa e queria subir no girafito, e o Gu nao deixou, aí eu disse: Gustavo, que é isso? Aí ele trouxe a outra totoka pro Rafainho. rsrsrsrs Pq ele tem um ciúme danado desse girafitto, e porque quando o Rafainho vinha antes, ele sempre ficava na outra totoka.
Pouco depois, a gente foi pro Lagoas do Norte, e na saída eu falei: Vamos pra Lagoa, e não pro Pula ok (tem um pula pula lá que sempre que as crianças veêm ficam doidas pra ir, e o Gu é igualzinho) Aí ele disse: Agoua, puia não.
E ele não deu escandalo pra ir no pula quando chegamos na Lagoa... Não sei, mas considero isso um progresso, e meio que uma constatação de que não precisa bater pra educar. O que não quer dizer que o Gu nunca tenha levado alguns tapinhas. Mas isso gera muita polemica.

Deu até uma renovada na minha paciencia ter um filhote assim tão obediente e bonzinho.

Até a proxima.
Beijos

8 comentários:

  1. As crianças nos testam todos os dias, cabe a nós pais mostrar o que fazer. Acho sim valido o cantinho da discplina e tirar algo que eles gostam, é assim que faço.
    Muito bom seu post.
    Bjs
    http://soumaedecino.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. é fogo! Aqui estamos assim tb! Bjs

    ResponderExcluir
  3. Eles estão nos testando todo dia, uns dias mais que outros... e olha, as tias na escola da Gá dizem que não melhora aos 3 anos... (disseram que piora!)...

    Boa sorte aí!!!!

    ResponderExcluir
  4. Pq eles não obedecem sempre ne? Ou na primeira vez que falamos? Menina essa fase e terrivel! Mta paciencia, mas muita mesmo! Desejo forca pq por aqui quando achei que tava melhorando piorou, mas como tudo na vida passsa!


    Beijos
    Gleysa
    www.demamaeursa.com

    ResponderExcluir
  5. Eita amiga tenho percebido isso no meu Rafa tmbém, ele não quer dividir nada, o meu vizinho fica na mesma creche q ele, e eu ajudo minha vizinha indo levar e buscar o filho dela, só que tem vezes que chego em casa primeiro que ela então tenho q levar os dois pra casa (meu e dela) e é uma confusão, pq td que o amiguinho pega pra brincar ele quer, não divide nada... tenho passado vergonha com essas situações... :(

    bjs boa sorte
    www.historiasdeumamaeapaixonada.com

    ResponderExcluir
  6. qto tempo que não passo aqui e já esta nesta fase??? o temepo voa... mas tudo passa querida!!!

    ResponderExcluir
  7. Oi SheR, essa fase de testar os limites e ver até onde eles podem ir é terrível. Mas quando obedecem a gene fica babando, né?
    beijos
    Chris
    Inventando com a Mamãe

    ResponderExcluir
  8. Olá, passei apenas pra dizer que já estou te seguindo e voltarei aqui futuramente pra fazer comentários sobre os posts.
    Seu blog é maravilhoso, convido você e suas leitoras a conhecer meu blog
    http://toobege.blogspot.com.br/
    Beijinhos

    Quem seguir no insta, sigo de volta http://instagram.com/theworldofmari

    ResponderExcluir