quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Incentivo

Oi Belas Mães!
Hoje quero falar de algo crucial para a formação de uma nova pessoa: Incentivo!

A criança, o bebê, o adolescente o adulto, o idoso.. Todos precisam de incentivos. E o que seriam esses incentivos? Dinheiro? Brinquedo? Bem material?

Primeiro, antes de ir de fato ao post, vou contar um fato de aconteceu comigo quando eu era criança...
Certo dia, meu pai estava dormindo, e eu ví duas tampas de panelas na pia e pensei: "vou ajudar ele" peguei, passei água, passei sabão, tirei o sabão e sequei.
Quando meu pai acordou, eu contei pra ele o que tinha feito, e ele imediatamente disse: Por que? Pra que você fez isso? Agora vou ter que refazer...
Lembro da minha mãe ter dito que eu só queria ajudar, mas eu falei pra mim mesma, que daquele dia em diante eu nao 'atrapalharia' em mais nada.

De uns tempos pra cá, o Gu deu pra observar e imitar a gente em algumas coisas, por exemplo, se eu estou varrendo ele aparece com o rodo na mão, se eu estou dobrando roupas ele começa em amassar uma camisa, se eu estou recolhendo roupas sujas ele traz as das gavetas pra por no cesto... rsrsrs

Eu tenho sempre uma atitude de a principio ficar nervosa, afinal ele sempre acaba mais bagunçando do que ajudando, mas aí eu paro, penso em nem sei o que e permito que ele ajude, na verdade eu auxilio...
Ex:
Ele vem com uma roupa limpa pra jogar no cesto de roupa sujas, eu vou pego na mãozinha dele e digo: Essa está limpa, vamos colocar na gaveta?
Levo ele pra colocar, fecho a gaveta e aponto pra roupa suja, e ele entende, a partir dai ele so traz roupa suja
Eu não tinha entendido ainda, o porque dessa minha paciencia toda, mas eu sempre pensava: "A intenção dele é realmente ajudar, mas ele não sabe que ao fazer do outro jeito ele atrapalha"

E sempre que a gente termina de fazer alguma tarefa juntos, eu sempre encho a bola dele, e fico dizendo: Olha só, o Guga me ajudou a juntar a roupa suja...

As vezes eu até falo pros outros, como no dia que ele trouxe a sacolinha da quitanda sozinho...
Eu falava na rua: Olha fulano, o Gu já é homenzinho, olha... trazendo a sacolinha sozinho..
E a pessoa me ajudava e sempre parabenizava ele, ao chegar em casa ele tava com um sorriso enorme no rosto

Na sacola tinha bolacha de morango, e um kissuko kkkk

Enfim, tempos depois eu me lembrei de casos que eu tentei ajudar, mas não consegui o efeito esperado, e penso que por isso, eu tenho essa paciencia toda com o Gu, e goste de ficar babando ele...

Aí eu fiquei pensando, que todos precisam de incentivos para continuarem bem como são e melhorando, sabe, atualmente, eu incentivo o meu filho com elogio e muita babação...
Mas além disso existem outros meios, de se incentivar...
Se seu filho tem uma imaginação fértil, mas não gosta de ler, incentive-o criando historias com ele
Se seu filho não gosta de tomar banho, incentive-o fazendo do banho uma brincadeira
Se seu filho nao gosta de comer, incentive-o divertindo a comida...

Ha várias maneiras de incentivo, com certesa você vai achar uma que seu filho gostará...

No entanto, uma coisa que hoje é muito confundida com incentivo é a  'recompensa'...

O Incentivo, é algo que você dá a pessoa depois que ela faz algo certo, para que ela continue a querer fazer o que é certo, para que ela se sinta reconhecida...
Recompensa é algo que você dá a pessoa só porque ela fez o que você queria que ela fizesse...

Exemplo:

  • Querido, você fez toda a liçao de casa, parabéns, acho que você até merece uma sobremesa especial
  • Filho, se voce fizer a lição eu te faço uma sobremesa especial
Acho que esse é o grande mal dos tempos atuais, os pais não sabem incentivar, só sabem negociar recompensas com os filhos e eles terminam que por fazer o errado...

Enfim...
Eu amo incentivar o Gu, e sei que ele adora ser bajulado..

BjO


10 comentários:

  1. Isso aí, Sher. Incentivar sempre!! Adorei a foto do Guga.

    E é verdade, as pessoas confundem... Infelizmente, né?

    Beijos
    Lilia

    ResponderExcluir
  2. Adorei seu post e concordo com TUDO que você disse. Acho o máximo quando a criança quer ajudar. Às vezes eles acabam atrapalhando por não saber como fazer, e como você disse, depois que ensinamos, eles passam a fazer certinho.
    E parabéns pelo homenzinho com a sacola, uma gracinha rsrsrs

    Beeeijos

    ResponderExcluir
  3. Adorei o post e super concordo!
    Quero ser paciente e incentivar bastante a Alice quando ela crescer, e não gosto disso de ficar negociando o bom comportamento da criança, a criança tem que aprender a se comportar porque ela quer e sabe que aquilo é o melhor e não porque ela vai ganhar um brinquedo ou presente!
    Ele está um lindo, bem grandão,um homenzinho!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Post chiquérrimo! Você tem toda razão, às vezes a gente fica nervosa quando eles só fazer igual.

    Sorriso lindo de quem tá ajudando!

    Beijo!

    ResponderExcluir
  5. Concerteza! O incentivo é a coisa certa pra se criar uma criança inteligente e educada :) Own mais esse gu é fofo ♥

    ResponderExcluir
  6. Adorei a definição do incentivo e recompensa.
    Aqui em casa tem um pouco dos dois, porém eu seu adepta do incentivo, e vc sabe bem.
    Ontem mesmo, depois de uma ida sem problemas para o primeiro dia de aula, eles ganharam um bolo de chocolate surpresa.
    E continuemos assim , incentivando nossos pequenos a crescer.

    ResponderExcluir
  7. Concordo, incentivar sempre por que afinal eles querem ajudar mas não sabem como, ja tive episodios de querer ajudar e minha mãe brigar comigo, no futuro quando ela queria que eu ajudasse eu ja não queria mais rs

    ResponderExcluir
  8. amei o post amiga, é isso mesmo.. incentivo sempre!!!!!
    bjussss

    ResponderExcluir
  9. kkk aqui é a mesma coisa, alycia adora me ajudar
    tomare que quando estiver maior me ajude de verdade kk
    bjos

    ResponderExcluir